revista

esportes

tv

famosos & etc

vídeos

ASSINE JÁ
CENTRAL
E-MAIL
Entrar >
02/06/2019 10h11 – Atualizado em 04/08/2019 13h21

Reflexões sobre a saúde do homem

(1733 Votos)
5/5
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Programa Bem Estar debate cura dos sintomas da menopausa

Campanhas mundiais para mostrar que cuidar da saúde, também é coisa de homem. O novembro azul foi iniciado na Austrália, onde desde 2003, um grupo de pessoas deixa crescer o bigode no mês de novembro para alertar sobre saúde masculina, riscos e prevenções sobre câncer de próstata, denominado Movember, mistura de duas palavras inglesas, mustache (bigode) e november (novembro).

O movimento hoje, com o mundo globalizado e a instantaneidade das informações, nos faz refletir sobre a saúde do homem como um todo e, claro, para um urologista, especialista em reprodução humana, sobre sua fertilidade

A prevenção ainda é a melhor forma de evitar doenças, incluindo o câncer de próstata

Falar sobre prevenção faz aflorar com força a relação saúde e qualidade de vida. Sabe-se que a qualidade média dos espermatozóides dos homens de todo o mundo vem caindo desde 1930. Nosso grupo avaliou essa queda e demonstrou com evidências pertinentes que há um declínio geral de 32,5% na concentração de espermatozóides em homens europeus nos últimos 50 anos (Human Experimental Toxicology, P Sengupta, E Borges Jr et al., 2018).

Fertilidade masculina

Embora a evidência que liga fatores ambientais ao prejuízo à fertilidade masculina seja fraca, ainda existem alguns dados que sugerem que a qualidade do sêmen pode ser influenciada por fatores ambientais e estilo de vida. Esse achado pode ter implicações no status de fertilidade de homens e enfatiza a necessidade de mais estudos abordando o estilo de vida e outros fatores, a fim de encontrar a correlação adequada com os agentes causadores.

saude-cancer-de-prostata
saude-cancer-de-prostata

Há muito tempo encampamos os dez mandamentos da fertilidade, onde apontamos a necessidade do homem se afastar de vilões como cigarro, álcool e stress, para preservar sua capacidade reprodutiva. O cigarro afeta a produção dos espermatozóides, com aumento de taxa de espermatozóides imóveis, anormais e menos concentrados.

Já o álcool altera sua qualidade e função, além de induzir um funcionamento inadequado dos testículos e reduzir os níveis de testosterona (hormônio sexual masculino). O estresse, outro fator que comprovadamente leva ao aumento do número de células inflamatórias que interferem na qualidade dos espermatozoides, causa ansiedade e disfunção erétil.

Tabagismo e alcoolismo

Saúde do homem
Saúde do homem

Em recente publicação no Jornal Andrologia (Paternal lifestyle factors in relation to semen quality and in vitro reproductive outcomes. E Borges Jr et al. Andrologia. 2018;e13090), fizemos um estudo de corte prospectivo que submeteu 965 pacientes do sexo masculino à  análise seminal, entre outubro de 2015 e dezembro de 2016. Apuramos que realmente o tabagismo e o consumo de álcool  parecem reduzir a qualidade do sêmen, fertilização e as taxas de formação de blastocisto (melhor embrião a ser transferido nos tratamentos de fertilização in vitro).

Sensato, portanto, recomendar que o homem submetido a tratamento de reprodução humana busque o equilíbrio, uma alimentação saudável e a sadia qualidade de vida. A finitude da vida e a vulnerabilidade do corpo representam nosso desafio de prolongar a sobrevivência digna, curar doenças e domar a morte

Fatores genéticos

Neste constante desafio, o departamento de urologia da Universidade  de Stanford, na Califórnia, a partir do pioneiro David Barker, que estuda conceitos de origens fetais de doenças em adultos, sugere a infertilidade masculina como uma janela para a saúde.  Potenciais associações entre infertilidade e saúde podem surgir de fatores genéticos, de desenvolvimento e estilo de vida. Estudos exploraram possíveis ligações entre infertilidade masculina e doenças oncológicas, cardiovasculares, metabólicas e autoimunes. Infertilidade masculina também pode ser um preditor de hospitalização e mortalidade.

É certo que pesquisas adicionais são necessárias para elucidar os mecanismos pelos quais a infertilidade masculina afeta a saúde geral, mas uma coisa é certa, o homem não existe por si só, sua qualidade de vida possui uma conexão direta com tudo o que o rodeia e possa lhe proporcionar um bem estar físico, psíquico, econômico e social.

Isto vale repensar e despertar para saúde. Hoje, novembro, e sempre.

11 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Esse conteúdo não recebe mais comentários.

Tereza Soares

Há 2 dias

Super indico Elalib! Depois que comecei a tomar, meus sintomas de calorão, ansiedade e insônia praticamente desapareceram! Estou muito feliz e pretendo continuar usando!

Rita Fraga

Há 3 dias

Depois que eu conheci o Elalib minha vida mudou completamente, se eu soubesse que funcionava tão bem já tinha comprado antes.

Marcia Silva

Há 2 dias

Comprei o meu ontem e estou ansiosa pela chegada para começar a usar!

Maria Clara​​

Há 2 dias

quais os sintomas tinha? Já toma a quanto tempo?

Lúcia Coelho

Há 3 dias

Comprei semana passada e paguei bem mais caro, se eu soubesse dessa promoção antes, rsrsrs. Mas mesmo assim acredito vai valer a pena!

Maria Clara

Há 4 dias

Esse produto é M A R A V I L H O S O! Sofri muito com a menopausa. Não tinha paciencia com ninguém. Meu marido não me aturava mas. Só com o elalib que minha vida mudou, estou com a auto-estima mil.

Rosa Intropidi

Há 4 dias

Maria quais os sintomas você tinha? Já toma a quanto tempo?

Maria Clara​

Há 2 dias

Nossa Rosa… muito calor, ressecamento, falta de vontade de fazer as coisas e até namorar. já estou no 5 mês, mas comecei a sentir uma melhora considerável com duas a três semanas

Sandrinha Machado

Há 2 semanas

Eu vi esse produto em uma propaganda de TV e resolvi comprar pra experimentar, pq sentia muita dor de cabeça, nervosismo, suava frio… Os 3 potes chegaram semana passada e em uma semana de uso já estou me sentindo melhor

Regina Carvalho

Há 1 semana

Ja tentei de tudo, até chá de folha e nada funciona por mais de uma semana. Estou tomando esse Elalib faz duas semanas e estou me sentindo ótima… Totalmente diferente de tudo que ja tentei, to muito feliz

Sandra Lima

Há 4 dias

Nossa eu também sentia muita dor de cabeça e ficava irritada, depois que comecei a tomar Elalib isso tudo acabou!

Get Latest News & Updates